Arquivo para sul

Somos o resultado de experiências

Nunca duvidei disso, por isso volto a escrever hoje. Ao navegar pelo facebook, avistei rapidamente no scroll uma foto com a marca da Hollywood e barcos. Ops, não poderia deixar esta foto passar em branco. Lá fui eu olhar a foto do Nelson Piccolo e o que era curiosidade se tornou um prazer. Fiquei olhando a foto por um tempão, cada detalhe, roupa das muitas pessoas, os barcos, a vela do “Wind”, bandeiras, e tanta coisa que me fez pensar, porque não temos mais eventos assim.

 Ipanema / POA, taça Hollywood - Foto de Nelson Piccolo

Hoje se sou publicitário e velejador, sem dúvida este momento da década de 80 foi marcante e contribuiu muito para formar minha personalidade.

Então no ápice da minha empolgação, resolvi escrever um pouco sobre esta época e falar somente sobre a parte náutica, pois a Hollywood fez muito pelos esportes alternativos da época em geral.

Quando a empresa Souza Cruz resolveu lançar sua marca de cigarros, ela contou com uma agência conhecidíssima no mercado pelos seus cases, a DPZ que nada mais é do que uma referência para nós publicitários. A proposta no início da década de 70 era colocar jovens praticando esportes radicais, com isso as vendas do cigarro começaram a crescer. Inicialmente era muito utilizado a imagem de velejadores, atletas, pilotos, nadadores e etc.

O resultado não poderia ser melhor nas vendas: O Hollywood se tornou o cigarro mais vendido do Brasil. No início dos anos 80, foi lançada a famosa campanha “Isto é Hollywood, O Sucesso”. Com a campanha, a marca começou a passar por diferentes praias do nosso litoral, sempre divulgando e estimulando a vela. Eram eventos memoráveis e eu cheguei ainda muito criança a ver alguns no Rio de Janeiro, onde o movimento era intenso nas praias e a agitação mudava a rotina da cidade. Lembrei-me que tinha um relógio deles, que achei um similar na Internet.

Para finalizar, no ano passado, depois de ser comprada pelo Publicis Groupe, parceiro global da Phillip Morris, a agência DPZ perdeu a conta que atendia há 41 anos

Enfim, como escrevi no facebook, para não fazer disso um manifesto, resolvi pegar umas coletâneas de músicas desta época e publicar aqui. Quem quiser vale a pena baixar e velejar ouvindo alguns desses clássicos que fariam nossos pais chorarem…

“The Final Countdown” – Europe
“Breaking all the Rules” – Peter Frampton
“Play the Game Tonight” – Kansas)
“Did it All for Love” – Phenomena II
“Iron Eagle” – King Cobra
“Only Time Will Tell” – Asia
“Born to be wild” – Steppenwolf
“Pain Lies on the Riverside” – Live
“More than a feeling” – Boston
“Jump” – Van Halen
“Burning Heart” – Survivor
“Eye of the Tiger” – Survivor
“When I See You Again” – Fleetwood Mac
“Holding out for a hero” Bonnie Tyler
“You give love a bad name” – Bon Jovi
“Love ain’t no stranger” Whitesnake
“Oh, Sherrie” – Journey
“Don’t Stop Believe” – Journey
“I hear you call” – Bliss
“Born To Be Wild” – Steppenwolf
“More Than a Feeling” – Boston
“Hollywood Way” (Jingle)
“Rollerblade” (Jingle)
“All For A Reason” – Alessi
“Wuthering Heights” – Kate Bush
“Warm Ride” – Rare Earth
“Dance With You” – Carrie Lucas
“Love I Need” – Jimmy Cliff
“While You See A Chance” – Stevie Winwood
“Every Little Thing She Does Is Magic” – The Police
“You Better You Bet” – The Who
“Play The Game Tonight” – Kansas
“Only Time Will Tell” – Asia
“Hold On” – Santana
“Separate Ways” – Journey
“Original Sin” – Inxs
“Run To You” – Bryan Adams
“Get It While You Can” Gary O.
“It’s Raining Man – The Weather Girls
“If Looks Could Kill” – Heart
“I Just Died In Your Arms” – Cutting Crew
“Love Walks In” – Van Halen
“Woman In Chains” – Tears For Fears
“Miles Away” – Winger

Anúncios

Brasil vence o Sul-Americano HC 16

Numa disputa digna de final de campeonato, os brasileiros Bernardo Arndt e Bruno Oliveira conquistaram o título Sul-Americano da Classe Hobie Cat 16, neste sábado no Veleiros do Sul. Eles terminaram com um ponto de vantagem sobre os argentinos Lucas Gonzalez Smith e Moira Gonzales Smith. Em terceiro lugar ficaram os brasileiros Cláudio Luiz Teixeira Jr. e Weverton Vital dos Santos.

Depois de lutar muito durante a competição, a dupla paulista viu se recompensada pelo esforço. A vitória veio até meio de surpresa. A última regata teve o encurtamento de percurso por causa da condição do vento que caiu muito de intensidade. Quando eles se aproximaram da bóia, imaginando que tinham ainda mais uma perna, se deram conta que já estavam na linha de chegada. Daí em diante, foi só comemoração.

“Este título deu uma reanimada. Desde a barbaridade que fizeram com a gente no Pan-Americano do Rio em 2007, perdemos a motivação de competir na Hobie Cat 16”, diz Bernardo. Na sua avaliação foi um campeonato difícil:
“Nós sofremos nos primeiros dias, desde a vitória no Brasileiro em novembro de 2009 em Florianópolis não tínhamos treinado. Não estávamos preparados para o vento fraco. A sorte nos ajudou na segunda regata de hoje com uma rajada surpreendente. Manteve-nos na disputa pelo campeonato”, disse.

Sobre os planos Bernardo diz que não há nada definido porque não há verba. “Não temos intenção de participar do Mundial da China, em agosto. Acho que vamos continuar correndo nossas regatas na represa (Guarapiranga)”, afirma.

Na verdade não foi à última regata decisiva para a dupla paulista, mas a penúltima. A manhã deste sábado começou com vento norte de intensidade forte, esse fator já animou Bernardo e Bruno. Era um bom presságio. Eles venceram a primeira regata e ficaram empatados em pontos com os líderes argentinos. Na segunda prova os paulistas largaram escapados, voltaram e saíram atrás de toda flotilha. Eles conseguiram recuperar algumas posições, mas ainda estavam em sexto lugar.

Essa colocação dava o título aos argentinos, que lideravam a prova. Após a passagem da bóia de contravento na última perna. A maioria da flotilha preferiu ir para o lado esquerdo enquanto Bernardo ficou no lado direito por que se deu conta da aproximação de uma rajada. Foi a sua salvação. Ele cruzou a linha de chegada em segundo, logo depois dos argentinos, e apenas com um ponto atrás na classificação geral.

A última regata teve um desfecho inesperado para Bernardo e Bruno. Eles largaram bem e conseguiram abrir uma vantagem sobre os demais. Os argentinos vinham em segundo. O percurso seria de cinco pernas, no entanto o vento caiu muito de intensidade dando sinais que ia parar e a comissão sinalizou o encurtamento da prova. Somente quando os campeões se aproximaram da bóia se deram conta que já estavam na chegada. Bernardo se atirou na água para festejar o título.

Enquanto recolhiam as velas, os vice-campeões, os irmãos Lucas e Moira Gonzales Smith avaliaram seu desempenho. A dupla se manteve bem posicionada na tabela liderando toda a competição, quadro que só se alterou no último dia.

“Ficamos muito contentes com esse resultado. Foi o primeiro sul-americano que disputamos no Hobie Cat e já obtivemos uma vice-liderança, sendo que o nosso objetivo era apenas chegar entre os cinco primeiros, foi fantástico. Lutamos bastante para manter uma regularidade, mas sabíamos que tínhamos bons adversários. Então, era de se esperar que as coisas ainda podiam mudar nestas últimas regatas”, contou Lucas.

“Avalio que foi um grande campeonato, sobretudo porque tivemos boas condições climáticas e bom vento. Creio que precisávamos de um pouco mais de treino para esta competição, talvez isto tenha nos prejudicado um pouco, mas ainda sim tivemos um desempenho satisfatório”, reitera o timoneiro.

A dupla retorna para a Argentina neste domingo, onde Lucas Smith começa a se preparar para a etapa classificatória do mundial de F18 a ser disputado em Buenos Aires daqui a duas semanas.

O Sul-Americano serviu de seletiva de países para os Jogos Pan-Americanos de 2011. Como são três vagas Brasil, Argentina e Venezuela apenas formalizaram a classificação. Participaram 16 tripulações.

Classificação final até o quinto colocado

1º Bernardo Arndt e Bruno Oliveira (BRA) 20 pontos
2º Lucas Gonzalez Smith e Moira Gonzales Smith (ARG) 21
3º Cláudio Luiz Teixeira Jr e Weverton Vital dos Santos (BRA) 36
4º Yamil Saba e Gonzalo Cendra (VEN) 36
5º Marcel D’Almeida e Ana Paula D’Almeida (BRA) 49

Texto criado por FS – AI Veleiros do Sul – Crédito: Ricardo Pedebos/divulgação VDS

Aviso de regata

Marca campeonato sul americano

Flotilha Hobie Cat de Natal, aviso enviado por Odécio Carlos Adam, Gerente de Esportes do Veleiros do Sul.

CAMPEONATO SUL AMERICANO DE HC16
De 31 de março a 3 de abril de 2010 em Porto Alegre/RS. Seletiva de países para os Jogos Pan-Americanos do México de 2011.

Para fazer o download do arquivo em PDF Clique Aqui
%d blogueiros gostam disto: