Arquivo para solar

Números alertam para perigos do câncer de pele no RN

O INCA estima que, em 2010, serão registrados mais de 2.900 novos casos de câncer de pele no RN. Os dados podem ser conferidos em um estudo estatístico divulgado pela instituição a cada dois anos.

Confira as estatísticas aqui

A exposição à radiação solar é, de longe, o principal fator de risco para o surgimento da doença. O câncer do tipo não-melanoma, mais comum, é considerado um dos mais inofensivos pelos especialistas, porém a prevenção é mais que necessária, visto que outras variantes mais agressivas da doença também podem surgir em decorrência da exposição aos raios ultravioleta.

O câncer de pele é o tipo mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados. A doença é mais comum em pessoas com mais de 40 anos e é relativamente incomum em afrodescendentes e crianças. Para 2010, são estimados cerca de 113.000 novos casos em todo o País.

O sintomas mais comuns são feridas na pele cuja cicatrização não se dá após quatro semanas, variação na cor de sinais pré-existentes, manchas que coçam, ardem, descamam ou sangram. Em todos esses casos, deve-se procurar o mais rápido possível o médico dermatologista.

Fonte: Liga Contra o Câncer

Anúncios

Não queime o filme no verão

A pele é o maior órgão do corpo humano e de grande preocupação quando exposta ao sol. Roupas especiais, bonés e protetores solares são importantes para o nosso meio e por isso precisamos estar sempre atentos aos devidos cuidados para que não haja uma ação negativa do sol em nossas vidas.

A nossa pele é sensível aos raios ultravioletas (raios UV) que podem provocar também reações tardias, devido ao efeito cumulativo da radiação durante a vida, causando o envelhecimento cutâneo e as alterações celulares que, através de mutações genéticas, predispõem ao câncer da pele.

Então o que fazer ao velejar nas praias durante este verão? Bom, minha primeira dica é pelas roupas. Procure usar roupas de nylon (aquelas coladas ao corpo) e por cima, roupas de algodão ou outro material que fica a cargo da sua escolha, como os que eu indico ao final do post. Com proteção de dois tecidos, a eficiência é mais garantida. Bom e as mãos, pés e cabeça? Ai fica a cargo de luvas, sapatilhas e bonés, porém ainda assim partes do corpo ficam expostas ao sol, como o rosto, orelha, punho e canela. Então entra o papel do protetor solar, que deve ser usado em todo o corpo, mas com atenção a estas partes.

Para escolher o protetor solar você precisa saber que não adianta optar pelo creme ou gel mais rico em hidratantes e em vitaminas e esquecer a característica mais importante, o FPS. Um FPS 30, por exemplo, mostra que a pessoa está 30 vezes mais protegida contra esses raios do que se não usasse nada. Use os protetores de marca, pois eles são testados pelo inmetro.

Recentemente a Pro Teste Associação de Consumidores avaliou 10 marcas do mercado. Os protetores L’Oréal Solar Expertise e o Cenoura & Bronze foram os que se saíram melhor na avaliação de eficiência do filtro solar. (leia mais aqui)

O fator mínimo de proteção contra UVB recomendado pelos médicos é 15. Pessoas ruivas e loiras precisam usar, no mínimo, o 30. A partir do ano que vem, será comum encontrar, em protetores com fator acima de 50. Ao velejar, use nas partes expostas ao sol o protetor solar de 2 em 2 horas, mesmo que na embalagem diga que a sua proteção é mais extensa.

Roupas com proteção solar
Creme protetor solar
Inmetro – Assunto Protetor solar

Catamarã Solar

Um catamarã inovador e futurista movido a energia solar dará a volta ao mundo. Parte de um projeto apresentado nesta quinta-feira em Kiel pela empresa suíça PlanetSolar e os estaleiros alemães Knierim-Yachtbau, responsáveis pela construção da embarcação, a embarcação pode transportar, confortavelmente, cinco tripulantes (nao parece, mas é real).

Sem velas, motores de combustão ou qualquer outro tipo de fonte de força para navegar, o “PlanetSolar” – assim chamado -, tem 31 m de comprimento e 15 m de largura. Ele tem ‘asas’ flutuantes nas laterais, com o objetivo de aumentar a superfície fotovoltaica (receptores de luz solar).

A saga terá início no final do primeiro semestre de 2011.

%d blogueiros gostam disto: